segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

O tempo não passa,ele corre..





Nossa gente,dia 4 de fevereiro fez exatamente 19 anos que me tornei deficiênte,fico pensando parece que foi ontem,pra mim o tempo não passa ele corre,cada vez mais rápido.

Parando pra pensar passei a metade da vida andando e a outra parte,andando de cadeiras de rodas,nossa que loucura a vida.

Acho que uma das maiores dificuldades do ser humano,é viver uma vida em total aceitação,não é impossível,apenas mais dificil.Aceitar os acontecimentos,quando eles vão contra aos nossos desejos é algo muito complicado.

Mas só o tempo é o nosso mestre,acaba nos dando paciência,pra gente enfrentar as situações,aprendi que não adianta cultivar a raiva,a gente perde tempo com energia negativa.

A gente reza pra passar pra outra fase da vida,pra tentar sempre lidar de uma maneira diferente com o fato.Sempre pensei,se eu aceitar minha condição,vou estar me tornando uma pessoa passiva e conformada?Claro que não,vou estar me tornando inteligênte,porque não vou deixar de viver,vou seguir a minha vida,mas não pense que foi fácil agir assim,levou tempo...

É compicado enfrentar barreiras e preconceitos,todo dia é uma luta pra quem vai trabalhar e estudar,já complicado pra quem não tem deficiência,imagina pra gente?

Não dá pra pensar muito,o négocio é viver e deu.É muito complicado querer entender o porque das coisas,já fritei meus milos tentando,agora não perco mais meu tempo,bola pra frente e força na peruca!hahahahaha



2 comentários:

  1. O tempo a gente aproveitar ou deixar derramar entre os dedos. A diferença entre uma e outra atitude é cruel: qdo vc deixa escapar, a vida passa quase em branco, as emoções são ocas, quando vc faz dele o melhor uso possível, o gosto do viver, seja como for, é radiante!!! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Adorei as palavras!!Pura verdade!bj

    ResponderExcluir