segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Não crie barreiras





Nossa gente já quase estamos em 2010,parece que passou voando,digo isso todo ano,já estou rumo aos 40 anos,idade da loba ...hahahahaha.

Quantos de vcs estão dizendo agora que queria ter mudado de carro,feito uma casa bacana,ter mudado de cidade,de emprego,cargo etc..

Mais um ano e tem gente reclamando que não fez nada,e que foi um saco,e blá,blá,credo será que não teve nada mesmo de bom?Eu estava agora mesmo pensando nisso,mas peraí,o fato de estar vivo já uma grande coisa!!!A gente sempre tem pensamentos não positivo,isso derruba nossas energias boas,o minimo de progresso já é uma conquista,estamos aprendendo a viver!!

Quem neste momento deve estar pensando,meu quadro de deficiência não teve nenhum progresso,mas fazer o que?Pense que ainda bem que eu tenho pessoas que me amam,e que podem me ajudar,tem gente que nem isso tem,não é mesmo?

Olha gente, tem dias que me dá uma vontade de sumir,uma depre,ainda mais a gnete que um dia foi independente,e hoje ...

Não sei como mas consigo mudar meus pensamentos em fração de segundos,só sei, se eu me derrubar,e quem depois quem vai me juntar?Nada disso força na peruca,ninguém ama mais nós, que nós mesmos,então bola pra frente.

As pessoas são complicadas mesmo,claro nem todo mundo tem a vida que queria,mas não adianta a gente carregar um monte de penduricalhos no nosso coração,isso só vai trazer peso e agonia.

Quantas pessoas estão brigando consigo mesmas devido a sua arrogância encruada?

Só a gente tem o poder de mudar,as vezes trazemos problemas de outras relações,,e acabamos culpando a nossa deficiência,é mais fácil né?

Vamos parar de criar barreiras pra tudo em nossas vidas,é recuperara auto-estima e batalhar para melhorar.

Estar bem é um estado de consciência,não devemos nos conformar com estados internos deprimentes.Agora não adianta vc pedir ajuda se vc não se ajudar,por mais que alguém queira de ajudar vai ser em vão.Daí vem o papo do doutor CARMA,ele vem te acompanhando anos,mas também vc não faz nada pra mudar.

Que tal mudar tirar o doutor CARMA,pelo nosso senhor DEUS,só ele sim pode nos ajudar a passar mais um ano,vivendo e aprendendo,e derrubando barreiras!!

Solidão nunca mais,com DEUS do nosso lado,que venha 2010!!E que fique para atrás tudo aquilo que te perturbou.
FELIZ NATAL PRA TODOS!!







sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Que gente esquisita!





Sabe ontem dei um pulinho no shoping,fim de ano sabe como é,sempre tem que comprar alguma coisinha.

Por incrível que pareça é bem difícil de encontrar cadeirantes aqui nos shopings,quer dizer era,que coisa boa acho que as pessoas estão mudando,se lá ,pelo menos começaram a mostrar a cara.

Até aí tudo normal,mas o esquisito é que quando me deparei com elas digo,cadeirantes mulheres que eu vi,tipo meia idade,cada vez que me batia com uma,na mesma hora viravam o rosto e a cadeira de roda,coisa mais esquisita,não entendi porque?Fico pensando,essas pessoas estão com vergonha de se encontrar com outros cadeirantes?Que atitude tão estranha essa?

Mais ou menos umas 5 cadeirantes encontrei,e tiveram a mesma atitude,mas homens tem atitudes diferentes,eles até comprimentam,mas porque das mulheres serem assim?

Eu vi em seus rostos vergonha,de estar sentadas em uma cadeira de roda,mas percebi que eram pessoas mais velhas,será que tem haver,com a mentalidade delas?Minha filha percebeu a mesma coisa,olha me deu vontade até de perguntar o que elas tinham,juro que não entendo,mas uma coisa está clara,todas que vi na cadeira não se mostrava felizes,parecem que parentes forçam a sair de casa,pessoas ainda preferem esconder suas deficiências e se enclausurar dentro de casa.

Sabe é uma pena,porque estão deixando de fazer tantas coisas legais e bacanas que a vida ainda podem lhes proporcionar!!Já tive um tempo que pensava como elas,mas graças ao meu bom DEUS acordei,tomar um dia elas também acordarem!!E deixarem de ser gente esquisita!!

sábado, 12 de dezembro de 2009

Onde está a coragem?





Gente é incrível a quantidade de gente que tem maior preconceito conosco deficiêntes,na frente de todo mundo esse povo cheio de preconceito,fala de luta,que não se importa se seu filho case com negro ou deficiênte,maioria fala da boca pra fora.

Veja na novela que todo mundo comenta,a mãe do Jorge e do Miguel na história,fala para o filho como vai ser a vida dele ao lado da Luciana que se tornou tetra,falando da intimidade,que não poderá ter filho,e blá,blá...

Isso que está dando na novela é a pura verdade,eu mesma já passei por isso no inicio de meu relacionamento,a familia do meu marido não me via com bons olhos,achava que seria uma cruz pra ele,mostramos que podiamos ter uma vida sim,que não seria fácil todo mundo sabe,mas o mais dificil numa deficiência não está exatamente na deficiência física nossa e sim na deficiência mental de quem não nos aceita!

Na verdade falta coragem!!Coragem daquele que ama alguém com deficiência,falta mostrar para as pessoas o que realmente quer,porque hoje em dia ouço de amigos que se casaram com pessoas sem defi,e hoje vivem infeliz,porque tiveram medo de enfrentar suas familias,alguns até se arrepente,mas suas vidas já deram outro rumos,agora digo,será que vão passar pra seus filhos o mesma mentalidade ultrapassada de seus familiares?

Agora não culpe ninguém por sua covardia,porque o vitimismo é o mestre em matéria de distorção da realidade.

Nada é fácil na vida,sei bem disso,já fui digamos normal,sem defi física,hoje estou aqui deficiênte a 18 anos,batendo de frente com quer vier me enfrentar,e defendendo minhas idéias, e aos covardes digo:

_Sò lamento!!

WANNABES:Um desejo estranho..





Sabe desde que me tornei deficiênte,procuro saber tudo que envolve a nossa vida seja algo bom ou ruim,mas acabamos descobrindo um universo estranho diferente aos nossos olhos.

Leio muito sobre tudo,mas depois de tanto tempo me daparei com uma história aterrorizante,dia desses uma amiga me contou uma coisa que me deixou apavorada,nos conhecemos a 20 anos,e do nada ela me falou em uma festa(lugar nada aprorpiado para o assunto)em que estava preocupado com a prima dela,pois dia desses acharam ela no banheiro cheia de sangue,ela sofre de uma depressão forte,esse moça tinha se cortado de forma estranha,em sua barriga e braços,e já não era a primeira vez,ela estava tentando se mutilar,chegou me dar arrepios em pensar em tal coisa.

Mas na mesma hora me lembrei que havia lido algo sobre o assunto dos wannabes pessoas que desejam a amputação,elas se vê como uma disfunção extrema no desenvovimento da própria identidade,se acha imperfeita em outras palavras,mas a imperfeiçao está dentro delas e elas não percebem,vivem em um desconforto de anatomia,perturbação psicótica.

Sabe pensei que seria impossível conhecer alguém assim ,e estava mais perto que eu imagina,nossa sinto uma pena dela,se isolou do mundo,mas faz tratamento.

Há também outro tipo de amputação,acompanhado por outros interesses,tipo pessoas que se sentem atraídas por amputados como parceiros sexuais e excitação sexual obtida através da simulação de ser amputado,daí se chama de devotees wannabes,já puxei outro assunto,mas que também está ligado a amputação.
Tomara que pessoas com tal desejo de se amputar,consiga se curar,enquanto muitos procuram lutar pra viver bem,depois de um acidente ou doença são amputados e até hoje sofrem com acontecido,e por incrivel que pareça, existe pessoas querendo se multilar!!Só um profissional pra ajudar nestes casos!!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Papai noel





Papai Noel.sabe já está chegando o fim de ano,quem sabe o senhor aparece aqui no blog pra me dar um a forcinha.

Nossa é tanta coisa que eu queria que acho que não caber tudo aqui,mas bem que alguma coisinha,quem sabe eu receba.Sabe gostaria muito de uma cadeira de rodas nova,bom qual deficiênte que não está precisando?Quem sabe uma medula nova?Uma graninha,também sempre cai bem,viu?

O senhor podia banir da face da terra os médicos cretinos,que nunca honraram seus diplomas,advogados também ,porque vou te contar,eu pelo menos não me deparei ainda com um que prestasse(desculpe os que são dignos,pq deve ser poucos)bando de mercenários!

Também pode banir aqueles que se dizem amigos e da familia que são como parasitas em volta de você,e que sem o maior escrúpulo te passam a perna,dizendo que te amam...

Ahh mas também conserve as poucas pessoas que eu convivo,e que são muito especiais,que estão ali pra o que der e vier,que nos consola quando estamos lá no fundo do poço,que perdem um tempinho que for só pra jogar uma conversa fora,que faz com que vc se sinta único,dentro de seu coração.

Podia tirar o preconceito dentro do coração das pessoas,e dar uma força de vontade para aquelas que nada fazem pra ajudar,e vivem de braços cruzados.

Podia fazer que o governo desse um jeitinho em abaixar os preços de todos apetrechos dos deficiêntes físicos,que maravilha que seria,nossa mas eu acredito ainda em Papai Noel!!hahhahahahahahaha
E que esse ano consiga emagrecer,fazer uma plástica,ficar rica...Acho que deu por enquanto,porque se eu ficar aqui pensando mais um pouquinho,não vou parar de escrever...E um FELIZ NATAL pra todos nós!!




segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Quero ver final feliz!!







Gente não aguento ver alguns deficiêntes reclamando da novela viver a vida,porque as coisas não são assim,e que a recuperação dela está rápida,mas só um pouquinho gente,é uma novela!!Imagina a novela levar o tempo de uma recuperação??A novela ia demorar anossss,é complicado a recuperação de um lesado,pode levar muito tempo.

E vamos falar a verdade,a gente gosta de ver filmes e novelas,sei lá qualquer história com FINAL FELIZ,já chega a vida das pessoas que não é fácil,porque todo mundo tem problema,então torcemos pra ver histórias lindas,eu pelo menos só assim.

Mas dáí tem gente que diz,que não é assim a recuperação de um lesado,que está sendo um milagre,tudo bem que é difícil,mas pode acontecer sim de alguém tetra ter uma recuperação inacreditável,é muito difícil mas não impossível,é só dar uma olhadinha no blog da Fernanda Fontenele,tem até o video da recuperação dela,eu fico feliz por ela e por muitos que tem por aí,que nem conheço.

Vendo histórias assim,serve de incentivo pra muitos deficiêntes,porque ter sonhos é importante,esperança de que a medicina evolua,descubra alguma cura,isso todos nós temos,mas enquanto não acontece a gente tem que viver e ser feliz.

E para o povo chato que reclama da novela,então para de ver a novela e vai ler um livro,quem sabe te deixa mais feliz.






quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Hiistória de vida:Mayra Santana






Hoje vou contar a história de Mayra,uma amiga que conheci na net,sei que histórias como a dela tem muito por aí,mas ainda tem muita gente que lê meu blog,do meu circulo de amizade que não conhece essa história.

Mayra descobriu com 11 anos de idade que era portadora de uma distrofia muscular,hoje elatem 23 anos,desde então vem lutando,como muitos deficiêntes tem feito no decorrer da vida,ela faz faculdade de Comunicação Social,não parou sua vida em razão da deficiência,cada dia é uma conquista,aí está mais uma guerreira,pra quem quer saber mais, dá uma olhadinha neste vídeo.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Mude seu astral





Nos tempos de hoje é brabo manter um astral bom,vivemos atolados de problemas seja de saúde ou finaceiro,fim de ano nem se fala,parece que a bruxa está a solta,correria deixa as pessoas mais estressadas.

Pra viver bem eu estou sempre me controlando,porque anos atrás eu era bem pior,quando me estressava,tinha vontade de quebrar tudo.

Ainda mais do jeito que eu era de não ficar sentada por nada,e hoje por ironia...

Hoje quando esperava minha filha chegar da aula,pra almoçarmos,ela entra como um furacão e com um humor do cão,nem me deu oi direito,sentou na mesa com uma cara de bunda,daí eu falei:

_Mas o que é isso?Que cara é essa?

_É a única que tenho!!

_Não senhora,dá um jeito de mudar essa cara,agora!!

_Porque a gente tem que estar sempre com a cara boa pra ti?

_Porque você não tem motivo pra estar assim,sempre faço de tudo pra te agradar,em todos os sentidos,e não reclamo!Tenho mais problemas que você e estou aqui com um bom astral!E se você percebeu acabou contagiando a casa com o mal humor.

_Mas aconteceu uma coisa chatas..

_Então deixe lá fora o mal humor,tenho certeza que vai se sentir melhor.

Depois do assunto encerrado fiquei pensando,sei que é complicado,porque saiu de vez enquando dos eixos,mas quero que ela tente ser diferente,dê um sorriso e mude o astral,isso faz bem,parece que as coisas fluem melhor.Estou longe de ser uma Polyana,mas ainda hoje estou aprendendo,que tentar pelo menos mudar o humor deixa a gente feliz eas pessoas que vivem a nossa volta.

Acredito que podemos ter uma magia pra mudar todos que convivem conosco,o fato de estar vivos já é uma magia da natureza,sempre que eu tiver bem comigo vou escrever aqui coisas boas,assim cada dia acabo mudando meu astral,porque estou fazendo algo que gosto,se todo mundo tirar um tempinho durante o dia,pra fazer algo que levante seu astral, vai se sentir bem,então vai em frente,de novas cores à vida!Vamos escutar uma boa música ou ler um bom livro,quem sabe uma conversa fora com amigos?


sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Mas um ano que se passa





É mais um ano que se vai,o tempo corre,e a gente sempre ali lutando pra estar de bem com a vida.Nossa já se passaram 18 anos que sou deficiênte,mas parece que foi ontem,tudo está tão vivo dentro de mim,tudo que passei e passo,mas me diga,quem é que não tem problema?
Não existe sequer uma pessoa que não tenha uma história de vida recheada de situações difíceis,desiluções,crises,perdas e sofrimentos.O que transforma as pessoas é a importância que elas dão aos seus problemas e que aprendizado podem tirar disso.
Claro é ridículo dizer que precisamos sofrer pra crescer,mas dependendo do sofrimento a gente tem como mudar certas atitudes,ajustar focos,até pra se relacionar com as outras pessoas.
Agora não dá pra se fazer de vítima,se sentir o coitadinho perante uma situação difícil,tem que tentar sair dela,e pensar de uma maneira positiva.
Sabe quando me sinto pra baixo,tudo pra mim piora,me dá uma infecção,dores pelo corpo,falta de ar...
Mas quando acordo e decido fazer algo que me de prazer,faço com que eu me sinta feliz por qualquer coisa,tipo estar viva(não é qualquer coisa)ter esperança que muitas coisas mudem,esperar que o ano que vem seja melhor que este,e o outro e o outro...
Minha mãe me diz de vez enquando:
_Nossa, como você sonha!!
Mas o que seria de nossas vidas sem os sonhos,a esperança,uma pessoa sem isso morre de certa forma,que graça eu ficar aqui sentada e olhando para o nada,sem vontade de nada,nós somos movidos por aquilo que sonhamos conseguir.
Mas é claro que as pessoas sofrem por algo verdadeiro,sei disso é triste mesmo,mas a gente tem que pensar que um dia vai acabar e não deixar a tristeza tomar conta de nosso coração.Quanto mais a gente falar da desgraça mais a gente vai atrair ela.
Que tal pensar em uma virada de ano gostosa,curtir momentos com aquelas pessoas que nos fazem bem,que nos fazem rir de tanta falar bobagem,quem sabe o ano que vem a gente esquece daquelas pessoas que nos magoaram tanto,vamos passar a borracha em tudo aquilo de ruim que nos fez sofrer,vamos fazer tudo aquilo que nos dá prazer e feicidade,esqueça da briga que você teve com alguém especial,seja pais,amigos ,namorados...
Tenta esquecer esse problema que está aí contigo,sei que não vai dá pra apagar de sua vida,mas tenta pelo menos diminuir ele,deixe de dar exclusividade pra ele,vamos agradecer a DEUS por tudo,porque a gente mais pede do que agradece não é mesmo?
Ufa mais um ano que se passa...

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Visitar as pessoas,e sendo deficiente...Se torna um parto!





Gente não querendo ser chata,mas já sendo é brabo visitar alguém que não é cadeirante como você,vira um parto!

Sei que as pessoas não tem obrigação de ter uma casa adaptada,e quando se é da família da gente pior ainda,porque você convive com eles,no meu caso por exemplo,ninguém nem fez uma rampinha que seje,hahahahaha.

Estou rindo,porque chorar que não vou,né?Mas tudo bem,sei como é as pessoas tem mania de falar:

_Não esquenta a cabeça,a gente te ajuda, se precisar te carregamos!

Que saco isso,as pesssoas não se dão conta,que a gente quer ser independente,dentro dos nossos limites,é complicado visitar alguém ,porque se tiver que se sondar,tem degrau aqui e ali,banheiro nem pensar,são todos pequenos,pra comportar uma cadeira de rodas,eu fico com uma raiva daquelas.

Pra falar a verdade acabo evitando ir em casas mais complicadas,find passado mesmo minha prima disse vem pra cá,pra gente colocar as fofocas em dia,depois teu marido te pega aqui mais tarde.

Daí vem minha cabeça,aqueles degraus,e o medo de te derrubar no chão,ai ai ai,quero me sondar,as portas pequenas,confesso que vou lá,adoro minha tia e minha prima,mas toda vez é um saco,prefiro ficar no lado de fora da casa,sem entra e sai da casa,coisa que minha tia adora fazer,e me fala:

_Vamos pra cozinha terminar o papo,agora vamos pra rua,pra sala..

E eu acabo morrendo de medo,quando tem só mulher no recinto,porque se meu marido está ou meus amigos,daí da um certo alívio,eles tem mais força,e me passam confiança!!

Mas não é por isso que vou deixar de sair,mas tenho que gostar muito da pessoa,se não vou mesmo,me estressar,tá louco!!

Mas estou dando preferencia pra lugares com acessibilidade.parques,shoping(amo)...



domingo, 22 de novembro de 2009

Voce pode escolher..Deixa de ser palhaço!!


VOCÊ PODE ESCOLHER...DEIXE DE SER PALHAÇO!!


Hoje percebi que pode se passar anos,e a mentalidade de alguns deficiêntes ainda continuam pequenas,se tratando de relacionamentos.

Sabe quando no começo de minha deficiência,pensava que ninguém poderia gostar de mim,mas compreensivo,era uma vida nova pra mim,era tudo bem diferente daquilo que conhecia.

Mas ao se passar os tempos,vi que podia ser ainda aquela mulher interessante de anos atrás,não da mesma forma que era,de uma maneira diferente,menos fútil,mais inteligente e com metas mais centralizada.

Ontem conversando eu eminha mãe ela saiu com uma que me deixou de queixo caído,falou de um rapaz que tem certa deficiência,devido a uma polio,que se casou com uma menina que ele já namorava a uns 3 anos,resolveram morar junto,até aí tudo bem,o problema que a menina,não anda de mãos dadas com ele,abraçar nem pensar,ela anda mais na frente ele como um cachorrinho atrás da sua dona!

Me deu um nojo de tudo aquilo que eu estava ouvindo,falei como ele podia ficar com ela,se submeter a tal humilhação,afinal essas menina não gosta dele,ter vergonha da deficiência de seu namorado?

Daí minha mãe falou que ele de repente tinha medo de não conseguir alguém,acreditam nisso?

Pra mim tudo isso é uma bobagem,se ele não se amar,se aceitar do jeito que é,vai viver mendigando amor,que vontade de ir lá e dar uma sacudida nesse guri,pra vê se acorda pra vida!!

Até quando vai existir gente assim,se sujeitar por migalhas,não acreditar em si mesmo,pior que tem muitas pessoas aí com defi ou não,se sentindo menos que o seu companheiro.

Aprendi uma coisa nessa vida,se a gente não se gostar e dar o valor que merecemos,quem é que vai dar então??

Está na hora desse rapaz rever seus conceitos,se é que ele tem!!

Deixe de ser PALHAÇO!!

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Como lidar com as pedras







Penso que na vida existe caminhos,uns ainda nem trilhados,nascemos somos conduzidos a seguir caminhos que nos leva a felicidade,mas nem sempre nos deparamos com elas,porque sempre tem pedras no nosso caminho.


Algumas pedras quando aparecem,tornam nossa vida mais complicada,nos levando a seguir outros caminhos,mas mesmo assim sempre vai haver pedras sejam pequenas ou grandes,elas sempre estão lá,quem vai decidir o rumo delas somos nós.


Existem formas das pessoas verem essas pedras,tipo o distraído tropeça,o bruto usa como arma,o empreendedor usa pra contruir,meninos pra brincar,David matou Golias,e Michelangelo fez as mais belas esculturas...


Em todos esses fatos a diferença não esteve na pedra,mas na maneira de como cada a usou,e como aproveitou.


Então as pedras estão aí na sua frente,vai sentar nelas?Ou dar um jeitinho de afastar elas de sua vida?


A vida não é fácil pra ninguém,e,sua felicidade vai depender de como você vê sua vida e suas pedras!!


Das oportunidades,tente tirar mais proveito,dê mais chances a você.


Não coloque culpa em ninguém,não basfeme,se a gente conseguir seguir nossos objetivos,só vamos ter que afastar essas pedras,ou quem sabe damos um jeito de passar por cimas delas.

Porque dor,frustração,sofrimento é inevitável nessa vida,mas com conciência,dedicação e motivação conseguimos superar os obstaculos.Há quem diz que o sofrimento eleva nossa alma,pra falar a verdade,preferia minha alma menos elevada(hahahah),porque eu e o resto do mundo não gostamos de sofrimento,nada como uma vida cheia de paz e muita saúde.

Então como não podemos mudar muitas coisas na nossa vida,quem sabe mudamos a posição das pedras e o que fazer com elas,acho que a vida vai ficar mais leve,o lance todo é ter atitude!!

Não esqueça nossa vida é a maior empresa do mundo!!






terça-feira, 17 de novembro de 2009

Pérolas.que lembro ter ouvido durante...





Nossa é incrível,mas essa novela das 8,anda mexendo com muita gente,digo pessoas que como eu sofreu acidente,mexe muito,porque vem a tona tudo aquilo que passamos,como um filme mesmo.

E lance é bem esse mesmo,pensar porque não morri,o que fiz de errado,nunca fiz mal a ninguém,não adianta as pessoas virem com aquele papinho de que bom você ainda está vivo,na hora a gente não quer saber,manda tudo pra PQP,claro já vi gente que conseguiu desde o começo ser forte,que coisa boa,mas não é fácil.

Você passou uma parte da vida sonhando com um futuro bem diferente,e vem lá o destino sorrateiro e acaba te dando uma rasteira!!

Bom ontem,lembrei de algumas pérolas que ouvi enquanto estava lá no hospital,ainda cheia de dor e revolta,na hora quando escutava,ficava com uma raiva,mas agora depois de tantos anos,só dou risada das frases ditas!

Eu estava no hospital,esperando que minha mãe autorizasse a minha operação,porque minha lesão medular foi nível T5,mas também tinha fraturado C6 e C7,o médico tinha pressa,pra eu não perder os movimentos dos meus braços,estava minha tia e minha mãe conversando com o meu médico,e minha mãe sai com essa:

_Mas doutor, ela vai ficar com a cicatriz muito feia nas costas??

Imagina a cara do médico depois dessa,hahahahaha.(sem comentários).

Sem falar nas outras pérolas que acabei escutando,no decorrer da minha estadia,tipo:

_E agora como ela vai casar??

_Coitadinha não vai poder fazer sexo...

_Ela não vai poder ter filhos...E se tiver será que vai ser normal?

_Nossa! tadinha não vai poder usar salto alto...

Gente tudo isso só lá no hospital,fora o que fui escutando no decorrer da vida,a gente tentando se manter viva,e o povo falando cada bobagem,claro as pessoas que convivem comigo desde o meu acidente hoje perceberam que tanta bobagem falaram,conseguiram ver que a gente pode sim,ter uma vida diferente ,se adaptando aqui e ali,tanto que me casei e tenho uma filha,e posso dizer que sou feliz!

Mas ainda tem um povo que solta cada pérolas de dar muita risada!hahahhaahha

Senhor dai-me paciência!!



sábado, 14 de novembro de 2009

Não se enclausure





Sabe penso que quantas vezes a gente se enclausura pra a vida,se focando somente em nossos problemas,sei por mim em uma época me distanciei de amigos e familiares,de certa forma estava sendo egoísta comigo mesmo,nem percebia.

O brabo que nós não estamos preparados para o inesperado,precisamos nos abrir,de uma forma diferente para os fatos da vida.Mas com certeza não é fácil,porque quando nos focamos em um problema só visamos a nós,algo natural do ser humano,mas algo que podemos chamar de egoísmo.

Daí você diz:

_Eu egoísta?Mas quero resolver meus problemas e atingir meus objetivos.

Mas aí vem o lance,de esquecer das pessoas que nós convivemos,de ser um pouquinho sensível e perceber que elas também tem problemas,as vezes bem diferente dos nossos,mas mesmo assim problemas.

Se a gente pretende ser feliz ,vamos ter que dar o real valor pra coisas,porque quando as coisas não dão certo,nos fechamos e nos tornamos infelizes e tristes,nos enclausurando.

E na verdade temos que nos abrir pra felicidade,quem sabe a gente muda de foco?Ou então aceitar fazer coisas diferente que estamos acostumados?Quem sabe damos um tempo pra nós?

Será que tudo aquilo que queremos pra nossa felicidade,vai ser a mesma coisa daqui a um mes ou um ano?

Então não dá pra encucar,estou falando isso,por experiência própria,visava somente sair desssa cadeira de rodas,e me esquecia de viver,só tinha esse foco,mas meu corpo não estava respondendo como eu queria,me dava um depre,e depois acabei percebendo que levei muito tempo em função de algo,e me tornando cada vez mais egoísta,até que me deu um instalo,chega, vou mudar,porque as coisas podem me dar outro caminho,o do inesperado.

Se nós respeitar nossos momentos de solidão e reflexão,vamos desenvolver espiritualmente,não devemos nos fechar pra vida,porque a contante mudança acaba nos levando a cura!!


terça-feira, 10 de novembro de 2009

Escutar nossa voz interior





Sabe todos nós temos uma voz interior que nos avisa,nos alerta,sei que muitos devem estar pensando que esse papinho de Paulo Coelho já era,é passado.Mas posso garantir que não,todos nós temos algum presentimento,mas não sabemos muitas vezes o interpretar,até usamos de forma errada.

Ontem vendo a novela sobre a atriz que sofreu o acidente,veio a minha mente o meu acidente também,comecei a lembrar de cada fato,mesmo tendo se passado todos esses anos,ainda lembro de tudo aconteceu,daí começou o assunto entre amigos sobre a novela que a culpada seria a Tais Araujo que mandou a outra para o onibus,sendo assim ela era culpada,da outra ter sofrido o acidente.

Mas que bobagem, acredito no destino,e na voz interior que existe em nós,que nos previne de certa forma,quando algo vai errado,mas quase sempre ignoramos,acho que não podemos mexer com o destino,mas podemos dar uma forcinha pra ele,nossas escolhas que fazem nosso destino,se andar com drogas,más companhias iremos parar no buraco,mas se optarmos em ter amizades sadias,nossa vida terá outro rumo,não sei se deu pra entender?

Claro que tem N casos de pessoas que nascem com certa deficiência,ou acontece do nada ser atingido por uma bala,acidente..Mas estou falando do destino,aquele escolhido,aquele que podemos mudar,aquele de uma pessoa estar bem saudável,e se meter numa encrenca porque quer.

Depois de sua vida mudada,não adianta se enganar,ficar revoltado,achar culpados,é encarar a vida de frente,se você fez uma escolha ,seja ela qual for,não se lamente somos humanos e imperfeitos,temos que achar um saída pra poder viver uma vida feliz,porque voltar atrás no tempo não dá,tudo que aconteceu foi passado,hoje só existe o presente e o futuro,que a gente ainda pode mudar!!

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Eles se superam no skate..Força de vontade!!

ELES SE SUPERARAM NO SKATE...FORÇA DE VONTADE!!

Enquanto muitos reclamam,outros vão além de seus limites,superaram suas deficiências e resolveram mostrar pra vida que estão vivos.
Aui vou colocar videos de meninos,um Tommy Carrol que ficou cego aos 2 anos de idade,e hoje anda de skate em rampas enormes,e Daniel Pelletier paralisia,anda de skate e muleta,to passada com a gurizada aí!!



quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Sempre tem um mala em sua vida!!





O que mais tem nessa vida é gente mala,seja no trabalho,na rua,na escola ou na famlia,lá está o bendito.Já falei aqui no blog sobre coisas que nós deficiêntes temos raiva,podem ser pequenas para as pessoas em geral,mas quem é cadeirante irrita mesmo.

Eu tenho um primo que eu sempre adorei,mas foi crescer pra ser um mala,quando tem festa da familia ele comparece,hoje ele está com quase 30 anos,é me ver e pega atrás da minha cadeira de rodas,e me vira para trás,me dá uma sensação que vou desabar no chão,é terrivel,fico com uma raiva,e não adianta falar o palhaço fica rindo,e eu louca pra dar um soco na cara dele!!

Não sei se alguém já passou por isso,acho uma brincadeira de mal gosto,daí alguém deve estar pensando,que tem demais nisso?Tem muita coisa,quando estamos na cadeira,qualquer movimento brusco,eu pelo menos perco o equilíbrio,me sinto ruim.

Ainda bem que faz tempo que não vejo mais meu primo,até porque quando ele ou outra pessoa faz isso dou uma cotovelada onde pegar,imagina nos homens onde pega hahahhaha.

Ah esquecei de dizer tenho um sobrinho que faz mesma coisa ,e está pra vir aqui pra casa daqui a 15 dias,mora em floripa,meu DEUS dai-me paciência pra aturar esses malas!!
Tomara um dia eles crescerem,se é que vai acontecer!!hahahahah





terça-feira, 3 de novembro de 2009

Força de vontade..





Sabe admiro muitos deficiêntes que tem aquela força de vontade,pra praticar um esporte,claro tem que ver as condições físicas da pessoa, se pode ou não fazer um esporte,porque nem todo deficiênte está apto a fazer.

Eu acompanho de certa forma alguns atletas que admiro muito dentro do esporte,do povo da matrix,esse find teve até campeonato em clubes aqui de porto alegre,infelizmente não pude ir prestigiar a galera,tinha visitas,feriado...

Surgiu o assunto ontem conversando com amigos,sobre eu fazer esporte,porque a amiga aqui é meia fraquinha pra coisa,isso que quando caminhava eu era professora de educação física,mas depois do acidente não me animei mais,me acomodei mesmo,neste sentido!

Conversa vai e vem,eu comecei a rir e comentei com o Camilo e a Luh,que se eu jogasse basquete,seria terrível,porque minha lesão é alta,não tenho muito equilibrio,sem falar que uso lentes de contado,é da uma viradinha brusca,lá vai minhas lentes para o chão,sem elas não enxergo nada ahahahah.

E levantar peso?Nem pensar,as minhas hastes,onde ficam?Tenho hastes em minha coluna,tem dia que é aquilo,da uma dor na cervical..

Bom na verdade acho que não dou pra esporte,acho que vou continuar com meus esportes aqui em casa mesmo,lavar,cozinhar,cuidar de filho,cachorro,gato e etc.

Quem sabe eu tinha que ter um pouquinho de força de vontade,e menos probleminha de saúde!!ahhahah

Prometo pensar no assunto!!!

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

A vida é muito mais...





A vida é cheia de momentos,felizes e tristes,de escolhas certas e erradas,as vezes a vida parece madastra,mas quando menos imaginamos ela se torna a nossa grande mãe e amiga.

Penso que nessa vida queremos apenas a felicidade,cheia de realizações,seja profissional ou afetiva.

A vida é isso,e muito mais,onde crescemos,aprendemos a lidar com a nossa renovação de caminhos...

A vida é o amor,não somente de homem e mulher,mas de amigos,irmãos e companheiros de jornada.Pra ser feliz nesta vida,temos que deixar de lado os julgamentos e preconceitos.

Ninguém é o tempo todo feliz,mas se a gente olhar pra trás ou para os lados,sempre veremos algo que nos dará força pra continuar,será que dá pra nos imaginar sem familia ou amigos?Claro que não.E se eu não tiver familia?Você deve estar se perguntando agora,mas quer familia melhor que os amigos?

Amigos são a familia que nós escolhemos,então tem coisa melhor na vida,em poder contar com aquelas pessoas que você ama tanto,por isso hoje falo que se estivermos ligados a essas pessoas seremos muito mais felizes!!

Vamos esquecer aquelas coisas ruis que passamos nestes últimos dias,vamos olhar pra frente,apagar os probelmas de nossas vidas não vai dá,mas esquecer deles uns pouco,sempre faz bem,então saia pra jantar ,ir no cinema,passear no parque,jogar conversa fora em um bar,falar bobagem e deixar que a vida tome seu rumo.

Ache uma definição que encaixe melhor com você,sobre a felicidade!!Seje ela um prazer momentâneo ou um conforto psicológico,até porque o ser humano é um eterno insatisfeito,está na hora da gente mudar.Não acha?

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Deficiente ,e cheia de mania




Pode ser bobagem,mas ao passar dos anos a gente fica cheia de manias,sei lá deve ser idade,mas tem uma coisa depois que me tornei cadeirante,tinha lá minhas manias,mas depois arranjei outras,que saco!
Por mais que eu me empenhava pra não ter mais uma,daí que aparecia a bendita,se eu estou na cama coloco minha roupa normal,como todo dia,mas é sentar na cadeira,tenho q ficar puxando a roupa de um lado,me viro do outro lado me apoio na cama e puxo o outro lado,sempre assim,que frescura se já me arrumei.
E quando minha cadeira de rodas empaca,por algum motivo,pneu ou alguma coisa no meu caminho,fico muito irritada e fico levantando meu ombro direito,me dá uma coceira atrás dele,sei lá,acho que to ficando velha mesmo,nem eu to me aturando gente,hahahahahaha.
Não, o pior de tudo,que minha cachorra também está assim como eu,ela ficou deficiênte faz um tempinho,já falei aqui no blog,ela é cega,e dorme dentro de casa conosco,porque ela ficou dependente de certa forma,anda por tudo dentro de casa,já sabe os lugares de tudo,claro não mudo nada de lugar.
Ontem fui arrumar a cama dela, ela não deitava,a gente dizia:
_Deita Morena!!Deita!
Ela lá parada de frente pra cama,ela nunca tinha feito isso,pensei acho q ela quer que vire as cobertas dela,resolvemos virar,a danada deitou e se esticou toda,pode isso??
Ela também está com mania,até parece eu.Bom ela está deficiênte e velhinha,e com mania,puxou a alguém aqui de casa!!hahahaha

A realidade é outra





Olha gente a realidade pra mim é outra,sei que tem muito deficiênte que tem grana,que pode comprar um carro,porque mesmo com os descontos que o governo dá,ainda assim é fora dos padrões,do povo brasileiro.

Os deficiêntes em geral gastam com remédios,sondas,xilocaínas,assentos,cadeira de roda,de banho...

E na maioria das vezes deficiêntes ganham um salário mínimo,mesmo os que trabalham sabem que não está fácil,ganhar bem,fora que tem muitos gastos em casa,contas que vão viver conosco sempre,luz,água,telefone,muitos pagam aluguel,a grana fica mais curta.

Mas daí tem gente que fala,mas dá pra parcelar,carros com preço de 28,36,47 mil,credo preço fora dos padrões do bolso do povo,claro compra quem pode né?

Quem não não gostaria de ter um carrão??Não precisar andar de buzão...Ai que maravilha!!

Bom,tem gente que só quer uma graninha, pra comprar uma cadeirinha moderninha,de rodas!!Com muita luta,e garra o povo deficiênte chega lá.

O sol nasce pra todos,sendo que pra uns ele se esconde um pouquinho, né??


domingo, 25 de outubro de 2009

A vaidade pode ajudar





As vezes me invade uma estranha sensação de nostalgia e uma vontade de desistir,desistir de que?Do dom da vida?Jamais!!

Gente penso que pra mim,quem tem vaidade, é porque ama a vida!!Pra que se arrumar,olhar no espelho,dá uma escovadinha no cabelo,emagrecer,fazer uma plástica etc..

Só pode ser, porque você se gosta,eu lembro que desde que me conheço como gente,sempre fui vaidosa,desde criança.

Quando me tornei deficiênte,já contei aqui em outro post,eu chorava e ao mesmo tempo limpava meus olhos e dizia:

_Alguém me ajuda ir tomar um banho de sol??

Minha avó ria muito,e dizia que então queria ficar bronzeada,sinal que ainda queria viver,(ahahhaha)

Hoje alisando bem,era até comico,toda ruim no hospital,eu pedia meu creme do corpo,meu perfume,esmalte,se não conseguia colocar sozinha,alguém com certeza colocava pra mim.

A nossa vida é surpreendente,mesmo em uma situação desespero,a gente continua ali firme,com dificuldade,mas com garra,vontade de vencer,mesmo nos com trancos e barrancos.

Então digo sejam vaidosos sim!!Nem que sejam pra seus egos,isso faz bem,eu acordo e to sozinha dentro de casa,e já coloco meus brincos,meu perfume,isso tudo me dá prazer,me sinto bem,e feliz.






quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Pagamos um preço




Fico pensando, que na vida temos e sempre que pagar um preço,as coisas começam já dentro de nossa casa,daí vão me perguntar ,como assim?
Quando somos crianças,queremos crescer,ter nossas vidas, sermos independente,fazemos planos pra aquilo que queremos pra nossas vidas.
Mas enquanto não temos nossa independência,temos que engolir muitos sapos,normal ,faz parte da vida,é a cara feia do pai, da mãe,que não gostou de algo,e temos que aceitar,além deles cuidar de nós,numa casa sempre existe regras.
E a vontade de todos, é ter uma profissão e ter sua casa,pra você mandar,ou constituir sua familia.Mas quando o nosso destino,nos dá uma rasteira??Digo aquelas pessoas que se tornam deficiêntes,no meio de sua tragetória,assim como eu e muitos por esse mundo a fora.
Nossa, rumo a ter nossa independência,temos que voltar a estaca zero,tinha vez que dava uma vontade de chutar o balde,mandar tudo pra lá de bagdá,mas como?Eu naquele exato momento,e quantos por aí também,não queriamos dar trabalho,porque até então estamos caminhando pra adaptar nossa vida ao nosso dia a dia,tentando ser confiante,temos que aguentar cada sermão,esse é um preço que muitos pagam até hoje.
Vendo uma entrevista na tv ontem,comecei a ouvir,que mais duro conviver quando somos dependentes,mas pessoas mesmo não tendo alguma deficência,também acabam pagando seus preços,exemplo ,num casamento ou convivio a 2,tem que haver cumplicidade,mas também tolerancia,temos que nos adaptar ao nosso companheiro,conviver dia a dia com suas manias,alguém tem que ceder,não é verdade??
Daí alguns de vocês vão dizer,que não querem nem saber, que não vão mudar,mas não há relacionamento que dure,se pensarmos assim!No seu ambiente de trabalho é a mesma coisa,então sempre vamos pagar algum preço em nossas vidas,seja deficiênte ou não,claro bem mais difícil quendo se tem algum problema físico,mas nada que não possamos suportar!!
Deixa a vida me levar,mas sempre pagando um preço! hahahahahah






segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Acho que a bebida,não está me fazendo bem..





Esse sábado fui a uma festa,aniver de 2 amigos muito queridos,regada a muita bebeida,normal pra uma festa.

Mas como todo mundo sabe,ceva,wisk ou outra bebida que contenha alcool,não faz tão bem,ainda mais pra mim deficiênte,que tomo uma porrada de remédio.Mas pensem comigo,vou tomar remédio a vida toda,ahh só um pouquinho de vez enquando eu tenho posso sair da minha rotina né?

Bom chegando na festa,pessoal estava tomando mesmo uma ceva, estava uma noite bem quente,mas eu gosto mesmo de algo mais forte,sempre fui assim,caí num copo de wisk,eu e mais 2 amigas,e pra variar meu marido buzinando no meu ouvido:

_Não bebi muito,se não vai passar mal!!

Só sei que estava ótima a festa,bebi,até dancei(da cintura pra cima)ahahhah.Cheguei em casa bem,caí como uma pedra,normal depois uns copos,esqueci até de me virar na cama,lá pelas tantas,devia ser de manhã,escutei lá no findo da minha cabeça:

_Uma explosão de amorrrr!!

E eu escutando cada vez mais forte:

_Uma explosão de amorrrr!!

Isso tudo seguido de fogos de artifício,cara não estava entendendo nada,então falei:

_Meu DEUS,será que passei dessa pra melhor?Melhor não digo,porque não conseguia mexer minhas pernas,de novo paraplégica em outra vida?Ninguém merece né?ahhahaha

Que nada,sentei na minha cama,com a cabeça pesada,é que na frente da minha casa tem um centro espírita e tem pracinha,um campo grande,acho que era um tipo de encontro entre os fiéis,daí entendi tudo aquilo que estava escutando,a bebida não me fez nada bem,coisa de louco,pensando que tinha morrido!!

Acho que não devo beber mais,remédio com wisk não combina!!ahahahah

Só rindo mesmo de mim!!

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Como fugir dos problemas?





As vezes fico pensando será que dá pra fugir dos problemas?É bem difícil mesmo,mas ficar de braço cruzado não da né?

Quando estamos diante de um problema da vontade de negá-lo,mas na verdade temos que enfrentá-lo de frente.Tem um ditado que se fala muito por aí:Tem o dia da caça e o dia do caçador,então pra quem enfrenta os problemas é o dia do caçador!!

Sei que é difícil,mas temos que simplificar nossos problemas,sermos práticos mesmo numa situação cabeluda.

Imagina gente, alguém que tomou um pé da bunda,e que está com o coração em frangalhos?Terrivel né?Mas tem uma coisa, quantas vezes você também deu um pé em alguém,que deixou sofrendo?É começa a pensar assim,as coisas começam a ficar mais leves.E mais,quando alguém sai de sua vida seja na boa ou não,ela nunca vai poder levar o amor que tem aí dentro de você,a capacidade de amar ainda continua com você!!Já amenizou o problema,viu?

Não tenho como colocar cada problema aqui,com algumas saídas,mas a gente tem que achar,não é fácil estar com uma doença grave,ou uma deficiência,lembro como se foi ontem,eu na cadeira de rodas,que desgraça,mas daí pensei tenho meus braços que posso ainda fazer muita coisa,ser de certa forma independente,me sentir útil,vamos lá bola pra frente.

Daí você diz:

_E eu que sou tetra,como vou fazer?

Não sei,só sei que temos que lutar,pra melhorar alguma coisa em nossas vidas,tudo que vier vai ser bem vindo,medicina evoluindo,não dá pra perder as esperanças,e mais, enquanto há vida,a gente LUTA!!

Vamos nos treinar, pra superar nossos limites.Não fica aí se lamentando,tem sempre alguém com um problema maior,te segura nisso!!







terça-feira, 13 de outubro de 2009

Onde está o meu sapato?





Gente nós deficiêntes passamos por cada perrengue nessa vida,uma delas é perder o sapato,digo, perder assim sentadinho na cadeira .Eu estou falando particularmente de mim né,no começo da deficiência é mais complicado,a gente está ainda se adaptando,ao nosso dia a dia,não consegue direito colocar o sapato,seje um tênis,sandália ou sapatilha.

Porque a falta de movimento,faz com que a gente fique mais preocupado com a posição dos nossos pés,na cadeira de roda,quem está na cadeira sabe bem do que estou falando,quando menos imaginamos lá cai o nosso pé e o sapato também!!

Eu fico muito irritada quando começa cair meu sapato,até porque mulher gosta de variar,mesmo não caminhando nós mulheres adoramos uma bolsa e um sapato,ahahahh.

Ontem eu fui a um aniver de um aninho,da filha de uma amiga,vocês imaginam a criançada correndo,e eu inventei de colocar uma sapatinha que comprei a pouco tempo,que fiz a besteira de comprar número 34 e o meu é 33,dá pra entender?Claro que não coisa de mulher,já comprando o meu número certo o sapato cai lá de vez enquando imagina,um numerozinho a mais...

A festa vai ficar na história,mal saí do carro,caiu a sapatilha,ai que raiva,entrando na festa,fui arrumar o pé,caiu de novo,lá fui eu me abaixar pra pegar,e eu tenho mania de mexer com minha pernas a toda hora,dobro elas pra lá, e pra cá,daí vocês imaginam a situação.

Eu já estava a fim de atirar na parede aquela sapatilha,e lá pelas tantas que caiu e vinha uma criançada bem na hora,adivinha onde foi parar meu lindo sapatinho?Alguns quilometros de distância,só sei que nessa altura da festa, estava todo mundo juntando meu sapato,só rindo mesmo ahahahah.

Onde está meu sapato?Será que alguém viu por aí?



quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Cuidando do corpo e da alma





Penso que todo dia é uma luta,quando se fala de cuidar do corpo,claro não esquecendo da alma também!!

Quando vim para o mundo da Matrix,não foi nada fácil,aliás não é fácil pra ninguém,sair do dito "normal"pra o deficiênte.

A aceitação do corpo,da forma que ele anda,tudo é complicado,porque quando nos vemos num abismo,entramos em desespero,primeiro a negação,não aceitar o que a vida lhe deu.

Mas a gente acostuma,tenho muita raiva quando em deparo com uma amiga,tipo alta ,linda,um corpo perfeito,reclamando da gordurinha ali do lado,que nem dá pra vê,dai paro e olho pra mim,nossa nesse momento eu só queria caminhar,ela tem tudo isso e muito mais,em pensar que eu era exatamente como ela,iamos a praia numa turma,e eu também reclamava de uma coisinha mínima,meu DEUS,naquela época eu era somente corpo,onde estava minha alma?A minha essencia?Acho que tinha se ido ralo abaixo,com tudo aquilo que hoje é muito importante pra mim.

Busquei dentro de mim,tudo aquilo que havia perdido,comecei a me aceitar,a me amar,não perdi minha vaidade,mas a vejo de forma diferente,tento cuidar do meu corpo,pra que amanhã ele não adoeça,to sempre na luta,a gente que está na cadeira,acaba tento mais problemas de saúde.

Perder calorias,quando se é sedentário é brabo!!Eu na verdade tenho que fechar a boca de vez enquando,ai meu DEUS amo uma besteira,um chocolate...

E o pior que você engorda tudo,mas as perninhas de grilo,estão ali ainda sequinhas,se não cuidar vou parecer,sabe aquelas bonequinhas de pano que fica pendurada na parede,grandinhas em cima e duas cordinhas(pernas)penduras ahahhaha.

Ai gente eu me divirto até com a desgraça,só assim a vida fica mais leve né?Pra mim hoje é cuidar pra não adoecer,e tentar da um jeitinho ali e aqui no corpinho,tentar perder uns quilinho e curtir essa vida "loka"!!



sábado, 3 de outubro de 2009

Uma viradinha,uma levantadinha




Gente para o povo cadeirante,uma viradinha,levantadinha faz toda a diferença em nossa vida.Como é difícil a gente se movimentar,pode ocasionar várias escaras,que é o tecido(pele)é comprimido entre a proeminência óssea e a superfície externa(cama,colchão,cadeira)por um longo periodo de tempo,acontece quando uma pessoa fica muito tempo em uma mesma posição.
Bom graças DEUS,nunca tive escaras,mas aprendi no hospital,que deveria me virar a noite,e se ficasse muito tempo na cadeira de roda,tinha q levantar meu corpo(bumbum),pra aliviar.
Nossa no começo nem conseguia dormia direito,tinha q ficar dando viradinha a noite toda,era um saco,mas na vida a gente acaba se acostumando.
Eu que moro aqui no sul,imagina um monte de coberta,uma em cima da outra,e eu lá,deitadinha,lá pelas tantas ,tento me mexer com muita dificuldade,claro as cobertas ...Sento num sacrificioo,e ve viro pra outro lado,nessa alturas as cobertas já se enrolaram toda,e eu congelando,e meu marido querendo me matar ahahahahah.
E se eu tomo um vinho ou uma ceva,nem sei como me viro,acho que meu corpo já está condicionado,aliás tenho certeza!!
Agora na cadeira é barbada,é só da uma levantadinha de vez enquando,que já evita,problemas mais sérios.
E se está calor,melhor da uma deitada,por algum tempo,é complicado pra quem estuda e trabalha o dia todo sentado,é dose!!
Mas sempre que pudermos dá um viradinha e uma levantadinha,o corpo agradece e muito!!


quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Cuidado!! alegria contagia!!




Pois é gente,na vida nada é fácil,e quando se está em depre e triste ,parece que as coisas não andam.Tem dia que da uma vontade de se atirar na cama e ficar ali parado,e pior de tudo é quando você se depara com gente baixo astral,daí é o fundo do poço mesmo!!
Tu já cheio de problema e aparece um louco,mais depressivo que você naqueles dias,é pedir pra morrer né??
Mas o bom na minha vida ,é que tenho amigos legais,mas tenho uma amiga de anos,tempo que eu estava na sétima serie,13 anos,uiii quanto tempo isso!!Cara ela é fantástica,mesmo num problema difícil a danada consegue ficar alegre,lá atrás ,tempo que eu era ainda andante,ela tirava a gente de qualquer tristeza,achava uma saída,pra se sentir feliz.
Passou alguns anos,acabamos nos separando,ela casou,eu também,as vidas tomaram outros rumos,mas nunca nos esquecemos,de um tempo pra cá nos achamos de novo,ela a mesma coisa,estamos sempre em contado seja por telefone,msn,visitas(é ela fica me devendo umas),a mulher aparece para o ambiente ficar infestado de alegria,é algo contagioso,ela sempre tem uma piada pra tirar a galera do monótono.
Eu adoro então,quando aparece um homem,bom nós mulheres sabemos que homens sempre querem tirar vantagem em tudo,até numa piadinha,ela consegue reverter a situação deixando eles sem chão,não tem como não rir(nenhum preconceito quanto aos homens)ahahah.
Por isso quando estou meia caidinha ,dou um jeito de falar com a Leticia ALEGRIA,muito cuidado com ela,pode ser contagioso!!Que doença boa essa que nos deixa tão leve!!

domingo, 27 de setembro de 2009

Maternidade: quando se é cadeirante





Toda mulher,no decorrer de sua vida sonha em ser mãe,claro tem lá suas exceções,eu me lembro quando me tornei deficiênte,passava muito,será que eu posso ser mãe e cadeirante ao mesmo tempo?Vou saber cuidar direito?Será que sou fértil?

Bom primeiro lugar fertilidade,indepente da deficiência,tanto homem quanto a mulher podem ter problema com a fertilidade.Para poder engravidar,tem que procurar um bom profissional,que te auxilie,no decorrer na gravidez.Toda gravidez tem que se fazer um bom pré natal,eu quando decidi ser mãe,procurei acompanhamento com uma obstetra,todo mês fazia exames,com mais cuidado pelo fato de se paraplégica.

De certa forma assustamos um profissional,porque não é tão normal deficientes engravidar,temos que ver qual o tipo de medicação que pode ou não tomar,o fato de fazer muita força com os braços,cansa mais,é bem mais complicado quando já se está em um estagio de gravidez avançado,eu por exemplo ate o 4 mes consegui me sondar facimente,mas conforme a barriga ia crescendo,ficava complicado,pra evacuar e tomar banho,ficamos mais dependentes,porque precisamos de ajuda,pra nos deslocar(paraplégia),uma caída pode ser fatal,tanto pra nós,quanto pra criança.

Já sendo marinheiro de primeira viagem,é uma luta,imagina sendo deficiênte também.

A mudança de posição,tem que continuar,mas temos que ter uma ajudinha,pra não ocasionar uma escara,os cuidados tem que ser dobrados.

Nem pensar em pegar uma infecção urinária,quando estava no 5 mes de gestação,comecei a ter contrações,era algo inédito,até porque médicos,dizem que uma pessoa com lesão medular não vai ter contrações!!Mito,nem todo deficiênte é igual,médicos generalizam,cheguei no hospital com dor,me olharam ainda duvidando,mas me examinaram,e veio a confirmação da minha dilatação,me receitarão remédio,pra que minha filha não nascesse antes do tempo,e confirmação de que uma infecção urinária pode ocasionar,as contrações.

Foi aí que comecei a me cuidar mais ainda,outro coisa que temos que levar em conta é nossa alimentação ,mais saudavél possível,cuidar pra não engordar muito,fica mais difícil de receber uma ajudinha!!

Combinamos ,eu e minha obstetra,que deveriamos fazer uma cesáriana com 8 meses e meio,pra parto normal,seria complicado,não tenho força,pra ajudar no parto e não sabia se haveria espaço suficiente pra que o baby passasse tranquilo.

Bom, passando por tudo isso,é mágico, experimentar a maternidade,um pouco mais complicado,mas quem disse que na vida tudo é fácil?

Hoje confesso,uma gravidez pra mim esta´de bom tamanho,minha filha já está com 14 anos,não me arrependo de nada que passei,valeu muita a pena!!







quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Burro de carga?Eu?





Gente hoje fiquei pensando o que se passa na cabeça do povo,que costuma andar com a gente,amigos e familiares,seja no shoping ou na balada,lá vem aquele papinho:

_Segura só um pouquinho pra mim,essas sacolas e minha bolsa?

Vocês imaginam,eu cheia de coisas até o pescoço,o povo pensa ela está sentadinha na cadeirinha,não custa nada.Lá vai de vez enquando segurar algo,pra alguém ir ao banheiro,mas vai PQP,na balada é a mesma coisa,estou lá curtindo daqui a pouco alguém pendura uma bolsa atrás de mim,mas que saco hem??

E eu na maior cara de pau,pego e largo em alguma mesa do meu lado,tenho cara de burro de carga??

Já chega a minha bolsa,porque eu aonde vou ,tenho que estar com ela,faz parte de mim,também carrego tudo que vocês imaginam.bom mulheres são todas assim.

Imagina agora,já está chegando o fim de ano,natal,que delicia fazer comprar,mas

nem pensar em segurar sacolas pra ninguém,ainda mais final de ano,em que as sacolas aumentam!!ahahahah

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Um pequeno desejo




Ontem veio a minha casa um amigo,que está sempre na luta,seu primeiro filho,nasceu com paralisia cerebral,muitos devem saber que não é fácil,toda deficiência requer muitos cuidados,e quando se trata de filhos,parece que a nossa dor fica maior ainda.
Eu mesmo antes de ser mãe,pensava que as crianças não deveriam sofrer,em hipótese alguma,criança tem que ter o direito de brincar,ser feliz.
Mas na vida,as coisas acontecem,e nós não podemos fazer nada contra o destino,não temos um explicação.
Bom conversa vai e vem,meu amigo veio colocar uns lances em meu computador,mostrou um video que eu já conhecia,de um pai que participa,levando o filho deficiente,pra uma competição,todo mundo já viu esse video pela net,é de fazer chorar.
Mas eu falei pra meu amigo que ele parecia levar na boa o problema do filho,sei que não é fácil,mas que a gente tem que superar,ele antes se perguntava o porque de ter acontecido tudo isso com o filho dele,mas hoje ele luta pra ver o filho bem,com saúde.
Ele me falou que estava no serviço,e escutava o que sua colega dizia para os outros colegas de serviço:
_Eu já disse que quando meu fiho crescer,vai fazer a faculdade que eu quero,porque vai ser bom pra ele,sou mãe e vou cuidar disso,pra ele ser um homem bem sucedido na vida!!
Meu amigo se meteu na conversa e disse:
_E eu só quero uma coisa de meu filho,que um dia ele posssa falar PAI!!
No mesmo instante a mulher começou a chorar,não acreditava no que estava ouvindo.
E agora eu fico pensando,um pequeno desejo,pode ser tornar algo grandioso pra alguém!!

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Lembranças




Adoro de vez enquando,ficar lembrando de coisas boas do meu passado,acho que quase todo mundo é assim,a gente começa a revirar lá do fundo do baú,tanta coisa...
Uma das coisas que mais gostava era colocar um biquini,atirar uma camisa por cima,e de pés descalços andar pela beira da praia,sentir a areia,o vento no rosto,comtemplar a vista maravilhosa,das ondas do mar.
Na verdade sempre fui estranha,gostava mais se o tempo tivesse nublado,com uma garoa fininha,ficar vendo o mar meio turbulento,você teve estar pensando, que gosto dela,nada como um lindo sol,mas eu também amo o sol,mas pra colocar minhas idéias no lugar,prefiro o tempinho nublado.
Passava horas sentada na areia,de frente pra o mar,aquilo tudo me trazia muita paz,ali chorava e ria sozinha,depois de um tempo lá estava eu novinha em folha!!
Sempre fui muito extrovertida,sempre tive muitos amigos,adora dançar,passava horas dançando,tudo que mexia com o corpo, me trazia prazer(já pensaram bobagem),não era por menos fazia educação física,era professora de ginástica,fazia musculação e capoeira,e ainda encontrava ânimo pra uma balada a noite.
Quem me conhece sabe muito bem do que estou falando,sentir falta do passado,acho que não, tudo tem seu tempo,o passado já passou,claro tem muita coisa que gostaria de fazer novamente,mas apenas vão ficar na lembrança!!
Minha turma ainda se encontra pra umas festas,que toca de tudo mas sempre rola uns anos 80 e 90 ,nossa to velhinha,pareço minha vó falando ahahhaha
Coloquei um video de uma música que adoro até hoje escutar,pessoal que está mais ou menos da minha idade,lembra bem dela,lembrar é sempre bom!!

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Deixam que dizem,que pensem,que falem....


DEIXAM QUE DIGAM,QUE PENSEM,QUE FALEM..


Ontem estava secando meu cabelo na hora que a novela das 8,já estava no final,quando peguei uma senhora dando um depoimento,ela contando sobre a deficiência dela,das coisas que familiares e pessoas falam,de como seria a vida dela,que não iria casar,ter filhos.Mas ela mostrou que podia ser diferente,tanto que casou teve filhos.

Mas é a pura verdade,as pessoas falam,dizem e pensam que todo deficiênte é igual,aliás toda pessoas é diferente,e quem somos nós pra saber da vida do outro.

Logo que me tornei deficiênte,passava mil coisas pela minha cabeça,tipo quem iria me amar,se alguém poderia casar comigo,se eu poderia ter filhos,me deixava numa depre essas coisas,porque naquele instante eu me tornava diferente das outras pessoas,eu era normal e de uma hora pra outra, minha condição física estava limitada a uma cadeira,era isso que via,e esquecia que só não andava,eu continuava ali,sendo eu mesma.

Mas depois quando conseguimos abrir os olhos,começamos a ver a vida de uma maneira diferente,começamos a nos moldar,adaptamos tudo que podemos ao nosso redor.

Quando começa essa aceitação,eu pelo menos comecei a me amar,com isso dei oportunidade pra que outras pessoas pudessem se aproximar de mim,pensei eu sou assim e pronto,quem me amar ,vai ter que me ver como eu me vejo.Se começamos a ter pena de nós,com certeza as pessoas vão nos ver com ar de piedade,DEUS me livre!!

Os familares,amigos e pessoas que me rodeavam,ditavam minha vida,como se ela terminasse ali,achavam sim que eu não poderia casar,ter filhos,ser feliz,a sociedade tem como felicidade,pessoas normais,sem deficiência.

Mas a gente pode mudar isso sim,mostrando que podemos ser aquilo que queremos,com limitações,claro!!

E quantas pessoas ditas normais,entram em depressão,se matam,não vê sentido mais na vida?Existem números casos,então não temos que nos preocupar com que dizem,pensam e falem,quem dita as regras de uma vida somos nós!!

A felicidade começa eu você!!




terça-feira, 8 de setembro de 2009

Paciencia com as crianças




Não existe quem já não se estressou,um pouquinho que seja com as crianças,ainda mais nós cadeirantes.A gente sabe como é, porque também já passamos por essa fase,pior aquelas que gostam de fazer uma arte,não escutam os pais e imagina as outras pessoas?Da pra imaginar ne?
Ontem veio uma turma de amigos aqui pra minha casa,fazer um churra,um que outro tem um filhinho e pequeninho(que amor).Lá pelas tantas,o filho de minha amiga passava e se pendurava na minha cadeira,dei uma risadinha e passou mais um tempo,ele fez de novo,daí fiz uma cara feia ele parou,e não fez mais,pra um dia de domingo já está de bom tom.
Passou algumas horas,esse pessoal foi embora,mas em seguida outros amigos ligaram dizendo que estavam chegando,tranquilo, minha casa é assim mesmo,um movimento , e eu adoro isso ahahahaha.
E adivinham?Um dos meus amigos trouxe o filho pra eu conhecer,o guri colocou o olho na minha cadeira e ficou encantado,como se estivesse vendo um carrinho,ele ria e queria mexer em tudo, e eu na diplomacia,ele mexia nos meus freios,queria me empurrar,o pai dele e meus amigos chamavam a atenção,mas sabe como é criança...
E eu dizia:
_Não mexe na cadeira da titia,querido!!No freio também não..
Até que um gigantesco montro saiu de mim,pegou os bracinhos dele e falou grosso:
-Não MEXE!!
Ele deixou o biquinho cair,e não mexeu mais na cadeira da titia!!Nossa acho que to ficando ¨véinha",implicando com as crianças,mas cá com nós que é um porre é né?ahahahhaha.
Acho que está na hora de deixar uma cadeira extra na sala,pra crianças deixarem a titia em paz!!